Páginas

18 novembro, 2015

Vivência...

Se sua rua porventura aparecer
coberta de pétalas caídas
pela inclemência
de um vento qualquer,
não faça nada.
Deixe-a assim desordenada
e descabida.
São reticências que sobraram 
da estação passada.
Acabarão varridas pela 
própria vida.

[Flora Figueiredo
In Amor a Céu Aberto]



11 comentários:

  1. Foto lindíssima e palavras bastante reflexivas!!
    Tudo tem o seu tempo e a vida se encarrega de mudar as estações... A vivência é "algo mais" a cada dia... Precisamos muito do Criador!...

    Abrações

    ResponderExcluir
  2. Que elas estejam sempre fazendo esse manto como reticências da passagem da outra estação.
    Lindo demais.Clau.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  3. Flores secas
    Pessoas e sentimentos em flor
    Passar pelo seu jardim foi um segundo de alegria pra mim
    Silêncio, orações e mais paz nos corações \o/

    ResponderExcluir
  4. Linda poesia da Flora Figueiredo! abração

    ResponderExcluir
  5. Vida, fluxo interminável que ora trás, ora leva as cores do caminho...

    ResponderExcluir
  6. Olá Clau
    Linda reflexão, bjs querida.

    ResponderExcluir
  7. Olá Clau!!
    E quantas pétalas não deixamos por aí, né?
    Beijinhos e ótimo dia pra ti! =)
    www.deliciasdavodeo.com.br

    ResponderExcluir
  8. O que se viveu vai ficando no passado. Por algum tempo, mora em nosso olhar e em nossos pensamentos, mas acaba partindo. As estações se alternam, independente de nossa vontade. Bjs.

    ResponderExcluir
  9. E a verdade é que acabarão mesmo varridas pela própria vida, e até que isso aconteça, funcionam como um belo tapete. :-)
    xx

    ResponderExcluir
  10. MARAVILLOSO TEXTO!! GRACIAS POR COMPARTIRLO.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  11. Um texto lindo, Clau, que transmite uma ótima reflexão.
    A vida se encarrega se solucionar muitas questões, no tempo certo.

    Também linda a imagem.

    Beijo.

    ResponderExcluir

Real Time Analytics