Páginas

06 março, 2016

Nem tudo a palavra sabe dizer...

Toda vez que ousamos dizer o que sentimos nós aceitamos o risco de que o sagrado do sentimento seja banalizado. Vez em quando convém o silêncio, a convivência solitária que nos ajuda a desvendar o enigma que nos habita. Nem tudo o que sentimos é verdadeiro. O ódio, por exemplo, pode ser um amor disfarçado. O sentimento que nos parece tão convincente pode ser um impulso provocado pelas forças do instante. Somos vulneráveis às invasões de olhares, palavras, situações. E tudo isso passeia pelas nossas veias, viaja em nós. E por isso necessitamos da introspecção silenciosa. Só ela é capaz de desconstruir os equívocos que alimentamos, e expulsar o que não nos pertence. Não tenha pressa em publicar suas alegrias ou tristezas. Conviva com elas antes de colocá-las nas janelas da vida. Nem tudo a palavra sabe dizer. E ainda que saiba, nem tudo precisa ser dito.

(Fábio de Melo)


22 comentários:

  1. Muito verdade isso tudo! Não podemos mesmo alardear ao mundo tudo que nos acontece de bom ou ruim... bjs, linda semana!" chica

    ResponderExcluir
  2. Olá Clau,

    Um texto muito sábio. Aprendo muito através dos textos do Pe. Fábio de Melo. Você grifou um fragmento bem importante.
    Somos mesmos vulneráveis e sujeitos a interpretações equivocadas de nossos sentimentos. O silêncio introspectivo é remédio infalível contra tais equívocos e elucidador das muitas dúvidas que sempre nos assolam. E como conclui o Pe. "Nem tudo precisa ser dito", mesmo por uma questão de preservação.

    Ótima noite de domingo e feliz semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. solo la percepción profunda de uno mismo, nos da la posibilidad de atisbar la realidad que nos rodea,,,buen tema,,,saludos

    ResponderExcluir
  4. OI CLAU!
    E É ASSIM MESMO, MUITAS VEZES EXPOMOS NOSSOS SENTIMENTOS E NOS SURPREENDEMOS COM O ENTENDIMENTO ERRADO DAS PESSOAS.
    MUITO LEGAL ESTE TEXTO DO PADRE FÁBIO D MELO.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nem tudo podemos dizer e as vezes nem sabemos como dizer. É mesmo assim belo texto para nossa reflexão. Desejo a vc um dia lindo. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Bom demais o texto, Clau. Guardar o coração sempre, contar até dez p as reações é uma boa e filtrar o que nos fazem, dizem...
    Uma boa semana. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vim para dar UM ABRAÇO PELO DIA DE HOJE!
      Você é Uma Mulher Singular, Clau!! Tem espalhado BOAS PERCEPÇÕES mundo afora...

      Vamos Adiante, Com fé, esperança e AMOR!

      Excluir
  7. Muitas vezes o silêncio é o melhor aliado.
    Adorei Clau.
    Bjs e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  8. Eu prefiro também me silenciar do que inventar sentimentos para agradar.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  9. Adorei o texto do Pe. Fábio de Melo, e concordo em absoluto com o que afirma. Tantas vezes nós próprios nos equivocamos perante os nossos próprios sentimentos, e a reflexão em silêncio, com tempo próprio é necessário com vista à tentativa de uma elucidação. Além disso, que nos preservemos e reservemos para nós o que não precisa realmente de ser dito.
    De mestre! :-)
    Boa semana, Clau!
    xx

    ResponderExcluir
  10. Certamente ao falarmos tudo o que nos vêm à mente, acabamos por dizer coisas que podem machucar pessoas desnecessariamente. Nossa mente, nosso coração, vai processando informações aos poucos, à medida que elas nos chegam. Pelo período que dura esse processo, vamos fazendo muitos juízos de valores sobre as pessoas e esses juízos muitas vezes são injustos, pois baseiam-se em informações incompletas. Esse juízo mai mudando à medida que passamos a ter um quadro mais real das pessoas. Somente então estamos prontos para fazer um julgamento seguro e talvez, se quisermos, podemos falar o que pensamos - ou ainda assim guardar tal informação.

    Creio que pensar dessa forma ajuda muito a vivermos melhor em comunidade.

    Grande abraço, Clau!
    http://pontosdefe.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. No comentário anterior, favor trocar "mai" por "vai".

    Perdão.

    ResponderExcluir
  12. Olá, Clau.
    "E ainda que saiba, nem tudo precisa ser dito" - li e reli, interiorizei a mensagem. Erra-se por calar mas também erra-se demais da conta! por falar o que podia ficar guardado.
    Há que ler muitas vezes, decorar as frases certas, repetir a nós mesmos, para não nos esquecermos.

    um bj amg =)

    ResponderExcluir
  13. Oi Clau! Se o tema for "sentimentos" realmente como faltam palavras... Um olhar, um gesto falam muito mais nessa hora! Uma linda reflexão! Bjks e uma semana abençoada! Tetê

    ResponderExcluir
  14. Nunca desgostei do Pe. Fabio, era mais padre cantor e bem simpático, mas ele é mais, este texto é uma mostra do que ele pode nos ofertar. Quero a benção dele. Bela postagem.Acho que precisva.
    ps.Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
  15. As emoções momentâneas, se adquirirem vida através das palavras, podem ocasionar resultados tristes e doloridos. O silêncio momentâneo, ao contrário, pode se transformar em luz e evitar muitas mágoas. Realmente, nem tudo precisa ser dito. Gostei muito da escolha. Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Verdade verdadeira, Clau. Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
  17. Olá Clau
    É verdade, linda reflexão. Bjs querida.

    ResponderExcluir
  18. Perfeito, Clau!
    A Bíblia ensina isso. Sempre é melhor esperar do que reagir na raiva do momento e nem tudo precisa ser dito, quanto mais publicado.
    Gosto desses livros que nos fazem refletir.

    Abração esmagador e lindo dia.

    ResponderExcluir
  19. As frutas mais doces são aquelas colhidas no momento certo, nem muito cedo, nem muito tarde. As colheitas e ofertas de sentimentos, idem...

    ResponderExcluir
  20. Oi Clau!É verdade,guardar nossos sentimentos e não falar é a melhor opção, e não é a qualquer pessoa que devemos contar o que sentimos. As vezes temos a impressão de algo que não é verdadeiro,é apenas nossa interpretação ao que aconteceu.Muito bom este texto.Um beijo!

    ResponderExcluir
  21. O silêncio por muitas vezes é melhor, uma boa reflexão Clau beijos.

    ResponderExcluir

Real Time Analytics