Páginas

12 março, 2014

Voar...

Deveria chegar um momento na vida em que tudo perdesse a pressa. Quando começássemos a traçar um encontro com a pessoa mais importante do mundo, nós mesmos.

A vida ganharia uma serenidade, não falo de comodismo e nem de conformismo, estamos na selva, não é mesmo? É preciso olhar onde se pisa, sempre. Tampouco de técnicas de relaxamento, elas ajudam, mas é alívio provisório.

Falo de um instante só nosso, longe de filhos, marido, namorada, amante, trabalho, estudos, para viajarmos ao sabor dos pensamentos pelo céu da nossa mente.

Notaríamos os temporais se aproximando, mas sem nos abalarmos, curtiríamos o cheiro da chuva, pois já se teria feito o que tinha que se fazer, aí só restaria esperar.

Subir num balão colorido e seduzir o vento para ajudar a espalhar dentro de nós mesmos sementes de girassóis, gerânios, hortências, tulipas e margaridas, as quais germinariam autoestima, autocuidado e atenção por nós mesmos.

É na distância do que se semeia que se pode melhor contemplar o desabrochar das flores.

Depois, parar o mundo, descer um pouco e espreguiçar as juntas, oxigenar os pulmões e simplesmente contemplar a natureza, caminhar entre regatos, sentar-se na relva e dizer ao mundo: fui eu que plantei esse jardim.

Fazer como Albert Camus, que na juventude escrevia em cadernos, registrando a forma como via o mundo em alguns instantes que eram só dele: “Dia atravessado por nuvens e sol. […] Eu deveria fazer um caderno do clima de cada dia. Esse belo sol transparente de ontem.”

Quem pensa o contrário, está fadado a agir como alguns passageiros do Titanic, que mesmo com o navio afundando, preferiram a ilusão de uma festividade dançante ao sabor da morte.

(Moacir Willmondes)


(Extraído do blog:Entre, linhas)


23 comentários:

  1. Quem anda na pressa não aprecia as coisas boas e simples da vida.

    bjokas e tenha um dia abençoado =)

    ResponderExcluir
  2. Só podemos aplaudir e concordar com as lindas palavras que Wil escreveu e tu compartilhas! Lindo demais! Faz pensar! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Olá Clau
    Que linda mensagem. Precisamos parar para um momento só nosso. Bjs amiga.

    ResponderExcluir
  4. "É na distância do que se semeia que se pode melhor contemplar o desabrochar das flores." Linda mensagem!
    Abraço!
    Sonia

    ResponderExcluir
  5. Um maravilhoso texto do Will, como maravilhoso de forma e certeiro no conteúdo é tudo o que ele escreve.
    Tantas vezes sinto necessidade desse tempo e desse espaço para me dedicar apenas a mim de forma a "voltar" com mais vontade e alegria para os outros.
    xx

    ResponderExcluir
  6. Doce amiga Clau:

    Toda vez que venho aqui desconfio que voar não é só para quem tem asas, mas para quem tem muitos céus dentro de si. Você é assim, amiga.

    Meu respeitoso abraço de agradecimento.

    ResponderExcluir
  7. Clau... que texto lindo! É muito importante poder voar e ver o mundo lá de cima... instantes só nossos e de grande valor! Bjks Tetê

    ResponderExcluir
  8. Texto maravilhoso! Tão bom ler algo assim, saio sempre bem daqui.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Clau, que maravilha. É isso mesmo.... Voar, voar, subir, subir.

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Um voo sedutor, nas sempre belas palavras do Will. Um tempo só nosso, energizante, reflexivo e útil. Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Clau!
    Acho que o momento de perder a pressa chega para todos nós, mesmo que não queiramos. Não tem nada a ver com a pressa dos dias, mas com um sentimento de assimilar melhor os dias, como se o fim estivesse próximo. Pena que muitas pessoas, esse momento chega quando estão mesmo próximos do fim.
    O exercício da contemplação faz-nos voar para dentro de nós, enquando que os olhos pousam em lugares que antes não percebíamos.
    Boa semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  12. Belo texto Clau
    Um tempo só nosso é fundamental embora seja difícil
    No corre corre do dia a dia nos esquecemos de nós mesmos
    Um beijinho de boa noite para você
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  13. Belo texto Clau,um tempo nosso!
    Sabe eu estava justamento comentando com minha filha,sobre esse meu tempo que estou precisando!!
    Parabéns,beijinhos.

    ResponderExcluir
  14. INTERESANTÍSIMO POST. GRACIAS.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  15. Boa noite amiga Clau!!!
    E confesso que mesmo não sendo real, estou a voar por lindos céus, dentro do mais belo balão...enfim só quero é ser feliz!!!
    Feliz e Abençoada Noite!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  16. Excelentes palavras, beijo Lisette

    ResponderExcluir
  17. Que bela msg,Clau! Saber saborear cada momento da vida é uma lição que estou aprendendo devagar. Bjs,

    ResponderExcluir
  18. oi querida clau.
    ter um tempo só da gente é fundamental,
    qdo isso n~ acontece faz um falta danada.
    eu estou precisando disso faz é tempo.
    bacana a mensagem do post.
    e eu queria esta nesse balao aí.
    bjos de boa noite!

    ResponderExcluir
  19. Clau, lindo! \o/
    Beijos
    Pedrinho

    ResponderExcluir
  20. Olá Clau,
    O estilo do Will é inconfundível. Percebi que a crônica era dele logo no começo da leitura e só desci os olhos sobre a autoria para confirmar.
    Belíssima. O Will escreve muito bem e com uma sensibilidade que encanta.
    Um momento só nosso é salutar e restaurador e nos permite a liberdade desse voo mencionado poeticamente na crônica.
    Parabéns pela linda escolha.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  21. Cara Clau ótima partilha. ..na pressa nos perdemos de nós mesmos. ..na pressa olvidamos o silêncio ...na pressa esquecemos que temos luz e deixamos de brilhar.bjs

    ResponderExcluir
  22. Will escreve com precisão! Esse texto dele é maravilhoso e mt sensível. Bjs

    ResponderExcluir

Real Time Analytics