Páginas

17 março, 2014

Falta equilíbrio, sobra experiência..

Nos dias de hoje, com tanta tecnologia, com tanta correria, com tanta falta de tempo, com tanto olho no próprio umbigo e nos próprios problemas, com tanta disputa pelo poder, pelo dinheiro, por ter mais e mais, sei lá, acho bonito ver um casal de velhinhos na rua. A mão, enrugadinha, segura a outra mão. A outra mão, por sua vez, segura uma bengala. Falta equilíbrio, sobra experiência. Falta a juventude, sobra história para contar.
Falta uma pele lisa, sobram marcas de expressão que contam segredos. Envelhecer não é feio.
Em tempos de botox, a gente devia olhar um pouco para dentro. De si. Do outro. Do amor.

(Clarissa Corrêa)


28 comentários:

  1. Lindas verdades,Clau!! Ótima semana! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Perfeito Clau. A beleza está no interior. As marcas de expressão são os adornos adquiridos ao longo de belas jornadas vividas
    Beijos e uma bela noite

    ResponderExcluir
  3. Você sempre nos presentando com lindas mensagens, Clau
    Um beijinho de boa noite para você
    Ótima semana
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  4. Falta equilíbrio mas sobra amor, né! Adorei esse texto e a foto é de uma delicadeza ímpar. Bjssss

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Sem palavras amiga. Muito perfeito, profundo e verdadeiro.
    Clau, tenha uma linda semana.
    Bjs cristalinos

    ResponderExcluir
  7. Clau, lindo. Adoro vovós e vovôs eles são doces!
    Beijinhos
    Pedro

    ResponderExcluir
  8. Olá Clau! Passando para agradecer a tua visita e amável comentário, assim como dizer que adorei o texto, pequeno na estrutura, porém gigante na profundidade.

    Eu, particularmente, levanto as mãos aos céus e agradeço ao PAI pela experiência adquirida nestes meus dezessete anos. Rsrs. Hoje, posso compartilhar esta minha bagagem com meus filhos e netos.

    Abraços e uma ótima semana para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  9. Ora aí está um texto lindo e uma foto linda!
    E adorei o comentário do Pequeno Príncipe chamado Pedro!...:-)
    xx

    ResponderExcluir
  10. Clau:
    Que texto MAGNÍFICO.
    Num mundo onde as pessoas se preocupam apenas com o próprio umbigo, avistar mãos entrelaçadas é algo realmente encantador.
    Boa semana.
    AH! E obrigada pela participação.
    Bjs.:
    Sil

    ResponderExcluir
  11. Olá Clau, bom dia! Fico encantada quando vejo cenas como esta nas ruas. isso é de um carinho sem fim...Parabéns pela linda escolha, que isso nos sirva de exemplo.
    Beijos com muito carinho e tenha uma doce e abençoada semana
    ¸.◦*✿✿____________Marilene

    ResponderExcluir
  12. Com certeza algumas pessoas estão parecendo robôs.

    ResponderExcluir
  13. Lindo isso, Clau. Admiro casais que estão juntos há anos.
    Que Deus nos ajude a chegar lá.

    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Um texto lindo que levá-nos à grandes reflexões.
    Eu faço parte um pouco dessa história,sou casada somente
    há 44 anos e a nossa doação de amor é sempre mútua.
    bjs amiga Clau.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  15. Eu acho que vou comprar uma briga,
    mas vou arriscar.
    Tenho lido o blog da Clarissa e amo
    a sua escrita, mas falar de felicidade
    é meio complicado. A gente dá a ela
    a cor e o carinho que achar melhor.
    Por exemplo, o que adianta um idoso
    pobre não ter Alzheimer se ninguém
    quer conversar com ele? O que
    adiante ele ter saúde se ninguém tem
    coragem de levá-lo para tomar sorvete,
    para ver uma peça no teatro ou à praia
    molhar os pés? Quando fazem uma
    dessas coisas, fazem uma vez só.
    Quanto a garantir que duas pessoas
    são capaz de envelhecer juntas
    numa relação de 50 anos e
    ainda serem felizes, ninguém deverá,
    até porque, ninguém é capaz
    de ser feliz fazendo as vontades do
    outro e não as suas e se as fizer por
    muito tempo de modo a manter a paz
    que conquistaram, isso se tornará
    hábito e quando o outro quiser mudar
    o quadro o pau quebra, com certeza.
    Para um dos dois ser feliz é necessário
    que o outro ceda. Ceda a sua vez, a sua
    razão e as suas vontades, ou terão que
    voltar a demarcar território e isso não é
    bom para ninguém.
    Viver bem é fácil, já diz o Palhaço Poeta,
    mas conviver é que são elas.
    Eu sou feliz à minha maneira e a
    minha mulher, com certeza, também
    é, mas quanto aos privilégios que eu
    tinha na época em que fui casado com
    outras mulheres ou no meu tempo de
    solteiro, ah, isso há muito não tenho
    mais e acredito que jamais voltarei a ter.

    Um beijo aos velhinhos que juntos
    ou separados se entendem e se
    respeitam e que me perdoem quem
    pensa diferente.

    silvioafonso



    .

    ResponderExcluir
  16. Eu fico emocionada qdo vejo e tb penso: Ah Deus quero isso pra mim...
    Envelhecer ao lado de um companheiro deve ser tão bom...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  17. Gran texto, la belleza esta en el interior.

    ResponderExcluir
  18. Eu também gosto muito de observar esses casais, o cuidado recíproco, o evidente amor. Infelizmente, suas experiências ficam guardadas porque poucos se mostram atentos ao que dizem. Bjs.

    ResponderExcluir
  19. Oi Clau! Eu tenho uma experiência semelhante a do texto. Faço minhas atividades físicas num local onde tem muitos idosos (D. Julinha, a mais idosa tem 89 anos e faz hidroginástica) e ali eles aceitam a idade que tem. Por outro lado, tenho amigas que aos 60 anos fogem do envelhecer como se fosse uma doença! E eu fico observando D. Julinha: se a gente buscar envelhecer com saúde não precisa ficar fugindo do tempo! Bjks Tetê

    ResponderExcluir
  20. Querida amiga

    Aí esteja a razão
    da nossa infelicidade.
    Olhar para fora.
    Esquecer os nossos sentidos.
    Silenciar o coração que ama
    e busca a sua razão no amor.

    Ser feliz é fazer a vida de alguém
    intensamente feliz.

    ResponderExcluir
  21. Boa noite amiga Clau!!!
    Simplesmente verdade e bela foto...quero chegar assim com meu esposo e definitivamente sem botox. rsrsrs
    Tenha dias felizes e abençoados!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  22. Olá Clau
    Linda reflexão. Admiro os idosos, eles nos ensinam muito. Bjs querida

    ResponderExcluir
  23. Clau boa tarde, é lindo quando vejo um casal de idosos de mãos dadas é maravilhoso, Clau passando pra desejar uma ótima quarta-feira beijos.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Lindo demais,Clau! E é verdade! Nesses dias que casamentos não duram nadinha, ver dois velhinhos assim,juntinhos, é uma grande lição de amor. bjs,

    ResponderExcluir
  25. Olá Clau,

    Que coisa mais fofa esses velhinhos da imagem! É cativante!
    Sempre gostei de observar casais idosos se amparando e em momentos de ternura. É algo que comove.
    Adorei o texto e a finalização foi perfeita.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  26. Beautiful, very beautiful!

    Tão bonito um amor que vence o tempo...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  27. Querida amiga Clau, bom dia! Parabéns pelo Dia do Blogueiro! Você é uma blogueira amiga que mora no meu coração.
    Receba meu abraço apertado de ♥ pra ♥.
    Beijos com muito carinho
    Marilene

    ResponderExcluir
  28. é dificil um amor durar tanto hoje em dia.
    mto lindo de ver um amor assim...
    bjo

    ResponderExcluir

Real Time Analytics