Páginas

15/07/2011

Não existe o definitivo...

O sabor está nas passagens.
O definitivo é cansativo demais.(...).
Tudo que não muda nos condena, nos condiciona.
O bom da vida é saber que passa.
Um fim de tarde com toda a sua beleza não cabe no tempo.
E por isso ele se vai.(...).
A beleza está nos intervalos, nos espaços de luz em que a sombra já se mostra.


(Do livro:Mulheres de Aço e de Flores-Pe. Fábio de Melo )


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Real Time Analytics