Páginas

03/07/2012

Não fique preso ao passado!






Dizem que passado o terremoto de Lisboa (1755),
o Rei perguntou ao General o que
se havia de fazer.
Ele respondeu ao Rei:
'Sepultar os mortos,
cuidar dos vivos e fechar os portos'.
Essa resposta simples,
franca e direta tem muito
a nos ensinar.
Muitas vezes temos em nossa vida 'terremotos' avassaladores.
O que fazer?
Exatamente o que disse o General: 'Sepultar os mortos,
cuidar dos vivos e fechar os portos'.
E o que isso quer dizer para a nossa vida?
Sepultar os mortos significa que não adianta
ficar reclamando e chorando o passado.
É preciso 'sepultar' o passado.
Colocá-lo debaixo da terra.
Isso significa 'esquecer' o passado.
Enterrar os mortos.
Cuidar dos vivos significa que,
depois de enterrar o passado,
em seguida temos que cuidar do presente.
Cuidar do que ficou vivo.
Cuidar do que sobrou.
Cuidar do que realmente existe.
Fazer o que tiver que ser feito para
salvar o que restou do terremoto.
Fechar os portos significa não deixar as
'portas' abertas para que novos
problemas possam surgir ou
'vir de fora' enquanto estamos
cuidando e salvando o que restou
do terremoto de nossa vida.
Significa concentrar-se na reconstrução,
no novo.
É assim que a história nos ensina.
Por isso a história é 'a mestra da vida'.
Portanto,quando você enfrentar um terremoto,
não se esqueça: enterre os mortos,
cuide dos vivos e feche os portos.
Muitas vezes o caminho que surge a nossa frente não é o
mais conveniente, mas é o melhor.

(Desconheço o autor)

16 comentários:

  1. Oi Clau!Puxa que lição de vida que esse general deu,em?Acho que do passado só devemos ficar com as experiências,viver só no momento presente e planejar alguma coisa para o futuro.Belo texto!Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Passado já foi... temos que viver o presente né? E sempre um dia de cada vez!

    Bjão

    www.compreiporai.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa... perfeito minha querida.. até porque a vida passa muito mais rápido do que imaginamos né? Um dia bem feliz! Bjss

    ResponderExcluir
  4. Olá Clau,

    Esse texto é uma lição de vida, podemos aprender muito lendo essas palavras. É verdade que às vezes acontece coisas com agente e ficamos sentada pensando onde erramos, o que podíamos ter feito para não ter acontecido, e não enterramos o que aconteceu. Temos que enterrar, e levantar e cuidar dos que ficaram. Eu adorei o texto. Bom dia amiga.

    Bjs

    Marcia Pimentel

    http://marcia-pimentel.blogspot.com.br/2012/06/divulgando-o-livro-meu-guerreiro.html

    ResponderExcluir
  5. Olá Clau! Já conhecia este texto e tb não sei de quem é. Mas ele nos convida à reflexão. há muitas pessoas que arrastam fardos contendo coisas do passado (lembranças tristes, fatos desesperadores, dissabores, amargores etc.) e não se destralham dele. O convite é para viver o presente, esquecer e perdoar o passado e projetar o futuro de uma forma consciente e feliz. Tenha sempre bons dias!

    ResponderExcluir
  6. Oii Clau, bom dia!!!
    Nossa gostei muito, principalmente o ultimo trecho.
    bjs
    http://cosmeticosbelezasaude.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Maravilhoso Clau.
    O passado é lindo ... mas sempre seguindo em frente.
    ^^
    beijos ****

    ResponderExcluir
  8. Oi Clau,

    Excelente! Esse exemplo foi perfeito.

    O passado é muito importante em nossas vidas, pois graças às experiências vividas nos livramos da repetição dos erros cometidos. Também as boas lembranças servem como alimento em nossas vidas. O que não se deve é viver no passado, pois isso impede o nosso caminhar.
    É preciso viver no presente , construindo nosso futuro.

    A maneira como o autor desenhou em seu texto é muito apropriada para aplicarmos nos momentos em que nos encontramos envoltos em tempestades "avassaladoras", conforme ele diz.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Esse general deu uma tapa com luva de pelica em muita gente. Direto e sucinto. Mas é difícil se livrar do passado que já nos machucou mt. O prazeroso é muito bom relembrar, mas o sofrido acaba apenas adormecido e não esquecido. Beijos! =)

    ResponderExcluir
  10. Concordo con te! felice giornata...ciao

    ResponderExcluir
  11. Bom dia!!!
    Vim agradecer a visita sempre carinhosa
    que vc faz ..parabenizar pela sua bela postagem
    sempre tão bonita e gratificante aos nossos olhos
    Nem sempre posso retribuir a visita, mas venho sempre
    que posso ver o que vc tem de mais bonito
    Que seu dia seja lindo
    Bjuss
    Rita!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Bom dia!!!
    Vim agradecer a visita sempre carinhosa
    que vc faz ..parabenizar pela sua bela postagem
    sempre tão bonita e gratificante aos nossos olhos
    Nem sempre posso retribuir a visita, mas venho sempre
    que posso ver o que vc tem de mais bonito
    Que seu dia seja lindo
    Bjuss
    Rita!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Clau!!! Amei o texto!!!
    Fez-me pensar que mtas vezes, sem percebermos, estamos "presos" no PASSADO, e deixando de viver essa dádiva dada por Deus que é o PRESENTE.
    Passado é importante sim, mas só pra ficar na lembrança, tirarmos proveito, porém deixá-lo lá no lugar dele...Atrás.
    Bjos... Se cuida...

    ResponderExcluir
  14. Que sábio conselho!
    Lembrarei dele durante meu próximo terremoto (há sempre algum a caminho...), pois a verdade é exatamente essa: enterrar o passado, cuidar do presente a partir do que se tem no momento e preparar-se, evitando problemas futuros por mero descuido.
    É isso aí, só falta aplicar o novo conhecimento adquirido!

    Um beijão, desejando ótimo recomeço de semana pra você!!!

    ResponderExcluir
  15. Que sábio conselho!
    Lembrarei dele durante meu próximo terremoto (há sempre algum a caminho...), pois a verdade é exatamente essa: enterrar o passado, cuidar do presente a partir do que se tem no momento e preparar-se, evitando problemas futuros por mero descuido.
    É isso aí, só falta aplicar o novo conhecimento adquirido!

    Um beijão, desejando ótimo recomeço de semana pra você!!!

    ResponderExcluir
  16. Querida Clau, me perdoa!
    Talvez envolvida que estava em minha perda e dor, não vi esta sua postagem tão rica, bela e pertinente, inclusive, ao momento que vivo. Perdoe-me querida, não gosto de falhar com você!
    E, além do mais, não posso perder a chance de ler coisas tão belas!
    Bjssssssssssssss, quérida!

    ResponderExcluir

Real Time Analytics